Os trabalhos foram desenvolvidos pelos colaboradores da concessionária Águas de Holambra em parceria com o Naott

Inclusão social, diversidade e igualdade foram as palavras de ordem que inspiraram as obras de arte reveladas na exposição Zumbi, promovida pela Águas de Holambra. Por meio de telas em branco, os colaboradores da unidade, em parceria com o Naott (Núcleo de Atenção e Orientação Terapêutica ao Trabalho), puderam expressar suas percepções acerca do tema. Com o objetivo de fomentar o debate e promover uma reflexão diferenciada, no período de duas semanas, a população holambrense pode conferir os trabalhos que ficarão expostos no Plenário da Câmara de Vereadores, a partir da próxima segunda-feira, 22.

A ação que integra as atividades do Respeito dá o tom, programa de diversidade e igualdade racial implementado nos 49 municípios de atuação da Aegea Saneamento, foi planejada e viabilizada pela área de Responsabilidade Social, com o objetivo de promover a percepção sobre o preconceito e a importância do debate em relação à equidade racial.

Sobre a exposição
Composta por 15 telas produzidas coletivamente, a exposição Zumbi conta com a participação de instituições parceiras da Aegea Saneamento e que desempenham importante trabalho social, como o Núcleo de Atenção e Orientação Terapêutica ao Trabalho – Naott (Holambra), a Casa do Pequeno Cidadão (Matão) e a Casa do Hip Hop (Piracicaba), especialmente selecionadas em cada uma das cidades de atuação da Regional SP.

O resultado culminou na Exposição Zumbi, que percorre, neste ano, os municípios onde a empresa atua em São Paulo. A mostra, é uma homenagem ao alagoano que nasceu livre, foi escravizado aos 6 anos e depois se tornou o líder do Quilombo dos Palmares e símbolo da resistência negra.
Segundo Maria Aparecida Draheim, coordenadora de Responsabilidade Social da Regional SP, a iniciativa possibilita, além do incentivo e exercício da arte, reflexão sobre a importância do povo e da cultura africana no Brasil. “Fazer o quadro deste projeto sobre preconceito foi muito bom. Como aqui no Naott temos pessoas com várias deficiências, é importante ter a oportunidade de expressar essas coisas, pois a gente tem que amar o ser humano não importa a cor, raça, crença ou limitação”, destaca Rubiana Sakata de Freitas, membro da instituição.

“A Águas de Holambra, há um tempo, já vem trazendo algumas atividades ao Naott. e Quando fomos convidados para esse projeto, que vai percorrer várias cidades, ficamos felizes. Os dois quadros que fizemos retratam as pessoas como flores e frutas, para simbolizar a diversidade que a natureza tem. Para conscientizar o indivíduo sobre a convivência harmônica e com respeito”, explica Glauco Panfiete Zia, artista plástico e professor do Naott.

Serviço – Exposição Zumbi
Data: 22 de abril a 03 de maio
Local: Plenário da Câmara de Vereadores (acesso pela Rua Campo de Pouso, 639, Secção A)
Horário de visitação: Das 9h às 12h | 14h às 17h